Fear The Walking Dead e a maldição das Season Finale ruins

Televisão sexta-feira, 07 de outubro de 2016

A segunda temporada de Fear The Walking Dead chegou ao fim e o que eu temia aconteceu, a série não tem jeito. Isso já tinha ficado claro na primeira temporada, mas em consideração ao outro The Walking Dead, eu resolvi dar uma segunda chance pra criança. Em vão, infelizmente. Mas se tem uma coisa que a filha de The Walking Dead aprendeu bem com a mamãe foi a finalizar temporadas de forma broxante.

Os 3 Grandes Erros de Fear The Walking Dead

O primeiro grande erro de Fear The Walking Dead foi: Os produtores disseram que não haverá crossover com a série original. Como assim não haverá crossover com a série original? Pra que serve um spin-off se você não vai fazer crossover com a série original? Pode até ser que este seja o plano por agora, mas se Fear The Walking Dead continuar do jeito que tá, um crossover será a única salvação. E dependendo da quantidade de estrago já feita, é possível que nem o crossover salve.

O segundo erro foi tentar seguir a mesma fórmula das primeiras temporadas de The Walking Dead, onde todo o drama estava centrado na família de Rick e todos os outros personagens eram escanteados e mal aproveitados. Aliás, muita coisa que vimos em The Walking Dead nós revimos em Fear The Walking Dead, o que nos deixou com aquela sensação de estarmos assistindo uma versão barata da série original. E se for pra ver uma versão barata de The Walking Dead eu prefiro assistir Z Nation.

E o terceiro e último, porém não menos importante, erro de Fear The Walking Dead é a falta de carisma dos personagens. Eu não me importo com ninguém. Apesar de Nick e Travis serem os personagens que mais vem evoluindo, se todos eles fossem colocados de joelhos diante de Negan e Lucille, eu não me importaria com nenhum. Se Fear The Walking Dead não mudar completamente na terceira temporada e comprar a ideia dos fãs de que Nick é um embrião para os Sussurradores, ela merece e tem que ser cancelada, porque ela não tem serventia.

Acho que o melhor momento dessa temporada foi descobrir que o moleque cuzão tinha se fodido nas mãos dos novos amiguinhos dele e ver Travis, o pai do moleque cuzão, descontar toda sua raiva nos amiguinhos que foderam seu filho cuzão. Sério, aquela cena foi de lavar a alma, me deixou nervoso, talvez tão nervoso quanto a aparição de Negan, mas foi só isso. Em duas temporadas a única alegria que a série me deu durou 5 minutos e se eu quisesse uma alegria de 5 minutos eu estaria transando e não assistindo séries.

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito