Bacomentando #08 – Tamo de volta (e tá tudo uma bosta)

Televisão terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Flash – 3×10 – Borrowing Problems From The Future (Problemas Emprestados do Futuro)

Barry e Íris tão vivendo ajuntadinhos no novo cafofo que o Barry arrumou pra eles. Íris não tá entendendo direito o que tá acontecendo, mas o Barry tá sofrendo de viuvísse antecipada, já que ele foi pro futuro e viu o Savitar matando a namoradinha. E aí temos o drama de Kid Flash, que ainda tá aprendendo, segue ordens do Flash e não é visto por alguns como um super herói heroico o suficiente. Inclusive rola piadoca/referência de mandarem o menino Wally pra Keystone City. Se cê não pegou essa cê precisa ler mais quadrinhos. Ou assistir mais desenhos da Liga da Justiça. De resto tá tudo na mesma, o novo Wells continua um pé no saco, o drama de Caitlyn/Nevasca torna-se cada vez mais fútil, já que ela preocupa-se tanto em não tornar-se Nevasca, mas recusa-se a recarregar as algemas inibidoras, que são a única coisa que impedem sua malignização. Porra, Caitlyn! Não força a Barry barra, fia! Ah, e teve uma “explicação” sobre o futuro ser um ponto fixo que quase me fez desistir da série.

E o museu do Flash tá vindo aí.

Legends of Tomorrow – 2×09 – Raiders Of The Lost Art (Os Caçadores da Arte Perdida)

Episódios que as Lendas encontram personagens históricos reais são sempre complicados. Primeiro porque o tal personagem histórico real é muito mal caracterizado e segundo porque a história é sempre ruim. Dessa vez a galera descobre onde o Capitão Rip Hunter está e o que a Legião do Mal quer com a lança do destino. No meio disso tudo eles encontram ninguém menos que George Lucas, que apavorado com velocistas e homens nucleares desiste da faculdade de cinema e nunca filma Star Wars e Indiana Jones. Como consequência disso, Ray Palmer não é influenciado a ser um cientista e não cria a armadura do Átomo e nem a fórmula do Cidadão Gládio, que por sua vez também nunca foi influenciado por Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida e nunca tornou-se um historiador. Foi uma homenagem interessante à George Lucas e a tudo o que ele criou, mas nada mais do que isso. Os roteiros continuam mal escritos e o uso do Flash Reverso como deus ex machina já tá enchendo o saco.

Gotham 3×12 – Ghosts (Fantasmas) – 3×13 – Smell Like You Mean It (Sorria Com Vontade)

No décimo segundo episódio da temporada vimos Morena Baccarin se tornar um pé no saco e pedir a cabeça de James Gordon por causa da morte de seus marido durante a lua de mel. Marido que ela conhecia não tinha nem um ano, era filho de mafioso e tava malucão infectado com o sangue da irmã do Chapeleiro Louco. É isso aí, Lee. Ah, e o Charada continua com seu planinho infalível do Cebolinha pra destruir o Pinguim.

Já no décimo terceiro episódio da temporada nós temos o retorno de Jerome, que queiram admitir ou não, é um puta dum Coringa foda. Eu sinceramente coloco o cara no nível do Heath Ledger. Maaaaaaaaaas, ponto negativo pra maquiagem bosta de quem teve a pele do rosto arrancada. Sério, cês podem mais.

E a maquiagem, oh!

Agentes da S.H.I.E.L.D. – 3×09 – Broken Promises (Promessas Quebradas) – 3×10 – The Patriot (O Patriota) – 3×11 – Wake Up (Acorde)

A série retorna revelando os verdadeiros inimigos da temporada. Além da senadora Nadeer, que odeia Inumanos à ponto de matar o próprio irmão, temos também a revelação que o doutor Redcliffe, amigo de Fitz, aliado da S.H.I.E.L.D. e criador de Aida, está obcecado pelo poder do Darkhold. Os dois estão ligados aos Cães de Guerra, organização terrorista que também odeia os Inumanos.

Além da revelação dos inimigos, descobrimos também que o Patriota, novo diretor da S.H.I.E.L.D. não é um Inumano e que seus poderes vem de uma fórmula derivada do soro do super soldado, o que pode resultar em futuros problemas, já que ele disse publicamente ser um Inumano pra ganhar a confiança dos mesmos. Acho um pouco difícil, mas talvez a descoberta dessa mentira tenha ligação com a série própria dos Inumanos que está vindo por aí.

Supernatural – 12×09 – First Blood (Primeiro Sangue)

Quando cê acha que alguém com um mínimo de noção assumiu a série e tá retomando a mitologia da mesma, cê se depara com alguém escrevendo um episódio com o Castiel anunciando que um grupo de Vampiros fez uma festa por aí e que se os irmãos Winchester não tivessem em cana pelo governo do Trump/EUA eles teriam impedido. Ou seja, só tem os Winchester de caçador NO MUNDO! Mas calma, calma que piora. O Castiel, que até então ainda é um Anjo e pode achar quem ele quiser com o poder do pensamento, não acha os Winchester porque eles tão muito escondidos mesmo num bunker do governo americano, que não faz a menor ideia de que coisas sobrenaturais existem, mas bloqueiam um Anjo por acidente. Assim, meio que sem querer. Aaaaaaaah, Supernatural.

E tava tudo muito bosta, tava tudo muito ruim, até o senhorzinho Dean Winchester receber uma bela duma ameaça do governo dos Estados Unidos da América e responder o seguinte:

– Bem, o que temos aqui é um erro de comunicação. Pois não estamos presos aqui com vocês. Vocês estão presos conosco!

PUTAQUEMEPARIU PAUNOSEUCU SEUDEANMOTHAFOCKAWINCHESTERDAPORRA! Mas depois tudo se explica e volta a ser a merda que Supernatural é desde a sexta temporada. Não dá, ninguém ajuda e ninguém jamais salvará Supernatural. Eu só continuo assistindo pra descobrir até onde a incompetência e a falta de qualidade vão. O quanto além dos Leviatãs Supernatural pode aguentar?

Leia mais em: , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito