Bacomentando #03 – Triple H (Hitler, Humilhação e História)

Televisão terça-feira, 15 de novembro de 2016

Gotham – 3×08 – Blood Rush

Pode ser que eu esteja errado e Gotham seja dessas novelinhas que botam a mesma atriz pra interpretar personagens diferentes só porque gostam da atriz, mas eu acho que o novo amorzinho do Charada é parente da ex-namorada morta do rapaz e tá querendo se vingar dele. Oooooooooooooooou, pode ser que Gotham seja mais ousada do que eu imagino e o novo amorzinho do Charada seja na verdade o Cara de Barro, o que seria um tanto quanto complicado. Enfim, coitado do Pinguim.

E apesar do Capitão Barnes tá tomado no Jiraya e fazendo justiça com as próprias mãos graças ao sangue da irmãzinha do Chapeleiro Louco, a série continua meio parada quanto ao plot principal da temporada. Tá na hora dessas corujas começarem a voar, gente.

Legends of Tomorrow – Compromised (Comprometidos)

Episódio cheio de chatice e hipocrisia. Depois de todas as tretas que rolaram na primeira temporada, Jackson mostra que não aprendeu porra nenhuma e fica chorando pra mudar a história, sendo alertado por Professor Stein e Sara que mudar a história é arriscado e que o dever deles é proteger a história de pessoas que planejam mudar a história. Mas aí, quando Laura dá de cara com o Damien Darhk, o que é que ela faz? Tenta matar o cara pra mudar a história e salvar a irmã.

A nova parceria entre Palmer e Mr. Rory vem sendo uma das melhores coisas nessa temporada, fazendo inclusive com que eu torça para o não retorno do Capitão Frio. Já os novos integrantes, Cidadão Gládio e Vixen, continuam sem muito carisma e cometendo mais burradas do que acertos. Mas por falar em acertos, introduzir a Sociedade da Justiça nessa temporada foi uma boa jogada. E tragam logo o Capitão Hunter de volta antes que esses imbecis colapsem o Universo.

Supernatural – 12×05 – One You’ve Been Wait For (O Único Que Você Vem Esperando)

A série continua seguindo um bom caminho reaproveitando plots e personagens de temporadas passadas e entregou mais um episódio cômicos memorável. Os Thule estão de volta numa trama que envolve um relógio de bolso onde a alma de Hitler está presa e uma perseguição a uma jovem que é descendente do Hitler. Pois é, Winchesters vs Nazis. A série conta com a rápida participação de Aaron, o jovem herdeiro de um Golem, que apareceu pela primeira vez no 13° episódio da 8° temporada da série. Infelizmente o Golem não deu as caras, mas foi bom saber que a série não esqueceu completamente de mais um bom personagem.

E por falar em bons personagens, o episódio apresentou dois ótimos personagens que poderiam muito bem encaixar-se no tão trabalhado spin-off de Supernatural. Tanto a herdeira de Hitler quanto o filho do líder dos Thule tem muito potencial pra ser explorado em outra série, mas a gente sabe que fã de Supernatural só quer saber de escrever fanfic dos irmãos se pegando.

The Walking Dead – 7×04 – Service (Serviço)

É o bonde da humilhação batendo no seu portão. Rapaz, como esse Negan é vacilão. E apesar de continuar torcendo pro Negan e pro Dwight massacrarem logo o resto do elenco da série, eu até que entendi e simpatizei com o Rick nesse episódio. A partir do momento que você torna-se líder, cada vida que está sob sua liderança passa a ser responsabilidade sua e é por isso que nenhum dos outros personagens consegue entender as atitudes do Rick, porque eles não são e jamais serão líderes.

Agora, por que diabos o Rick não escondeu armas do lado de fora da comunidade por medo dos Salvadores encontrarem, mas mentiu sobre a morte da Maggie? Eu não entendi muito bem o sentido disso, mas acho que vai dar uma treta maligna quando o Negan descobrir que o Rick andou mentindo pra ele.

#DeepThroat

OBS: Por causa das eleições americanas os episódios de Flash e Agents of S.H.I.E.L.D. não foram exibidos semana passada.

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito